quarta-feira, 10 de maio de 2017

O misticismo das Sete Cidades


















Sou suspeita a falar, mas mesmo assim faço-o, elogio, enalteço, promovo, valorizo, dou a conhecer a minha ilha e o que ela tem de melhor.
Sou aquela açoriana, micaelense, nordestense que adora a natureza, e que sai de casa para ir ao encontro da mesma, costumo dizer que posso passar mil vezes por um determinado sítio, mas dessas mil vezes aprecio sempre a paisagem, porque a luminosidade pode ser diferente a estação do ano o meu estado de espírito, tudo faz com que eu aprecie aquilo que me rodeia.
Gosto de fazer trilhos, posso reclamar pelo caminho ser íngreme, por estar cansada ou por me terem levado pelo caminho errado e ter que o fazer todo de novo, reclamo muito é verdade, mas adoro estar “perdida” no meio da natureza, sentir os cheiros, ouvir os sons, ficar deslumbrada pela natureza e perfeição da mesma.
Recentemente fiz o trilho da Lagoa das Sete Cidades, aliás aquilo não foi o trilho oficial, mas foram quase 15 km onde a beleza da lagoa foi sempre o ponto fulcral.
As Sete Cidades estão rodeadas de misticismo devido à lagoa situada na caldeira do vulcão das Sete Cidades, que apesar de unidas têm duas cores diferentes sendo uma verde e a outra azul.
Ao falarmos de Verona automaticamente lembramo-nos da história de amor de Romeu e Julieta, pois a lagoa das Sete Cidades também nasceu de uma história de amor entre uma princesa e um jovem pastor, que ao verem o seu sonho de ficarem juntos destruído, choraram tanto que as suas lágrimas formaram duas lagoas uma verde e uma azul, não conseguindo averiguar se a princesa é que tinha os olhos azuis ou verdes o certo é que a cor da lagoa se deve à cor dos olhos do casal de enamorados.
Este jovem casal não pôde ficar junto, mas ao verem nascer do seu amor a lagoa das Sete Cidades, eternizaram o seu amor e a sua história que se tornou lenda e vai além-fronteiras!
Certamente que a partir de agora sempre que contemplarem a beleza da lagoa das Sete Cidades irão criar a memória visual dos dois jovens enamorados, por isso mesmo aproveitem as tolerâncias, feriados, fins-de-semana ou mesmo os finais de tarde e visitem o que de melhor temos!


Beijocas,
Sandra

1 comentário: